O Estilo Clássico: Grécia Antiga

O Estilo Clássico:  Grécia Antiga

O Estilo Clássico: Grécia Antiga

24 de março de 2018
CAPA – Ilha de Delos – Mykonos – http://www.greece-is.com/the-mysterious-neighbour-of-mykonos/

Na Antiguidade Grega, as casas, eram muito simples. Eram arquiteturas básicas, construídas com materiais locais como pedra e madeira, tijolos de barro e utilizavam o gesso como revestimento. O telhado era coberto de azulejaria de cerâmica e as janelas eram apenas vãos nas paredes.

Janela de casa em Delos – Mykonos. http://www.iqcruising.com

Inicialmente as estruturas dos templos eram de madeira, mas gradativamente, a medida que dominavam a técnica da cantaria, foram sendo substituídas por estruturas de pedras.

Pátio da Casa dos Golfinhos em Delos. https://viajenaweb.com/wp-content/uploads/2016/12/Delos-17.jpg

As edificações eram construídas de modo que ficassem quentes no inverno e frescas no verão, e o pátio central regulava a temperatura. O piso geralmente eram trabalhados em mosaicos com pedras locais. Nas casas comuns, as pessoas viviam em um ou no máximo, até três cômodos. As casas nobres tinham uma infraestrutura para serem autossuficientes e algumas tinham mais de um andar.

Casa típica do período clássico +- 400 a.C. em Delos. https://commons.wikimedia.org/wiki/File:House_Trident_Delos_102277.jpg

Nas casas comuns, as pessoas viviam em um ou no máximo, até três cômodos. As casas nobres tinham uma infraestrutura para serem autossuficientes e algumas tinham mais de um andar.

No piso térreo ficavam a cozinha e a sala de estar e o andrôn, no piso superior, os dormitórios e uma sala reservada para as mulheres chamada gynaecium. Nesse espaço elas desenvolviam suas tarefas, faziam suas refeições e se mantinham grande parte do dia, ali, ficavam distantes dos ambientes reservados para os homens.

Os espaços sociais e pátios eram sempre adornados por mosaicos com imagens de fauna, flora, monstros e deuses.

Mosaico da casa dos Golfinhos, Delos. 200 a.C. https://www.archaiologia.gr/blog/2012/07/16

Os templos e as casas eram ricamente policromados. O vermelho em contraste com tons crus e o preto compunham a paleta de cores dos interiores.

 

Cartela de cor da casa grega – Objetos decorativos da marca grega Sophia. https://www.topdrawer.co.uk

As colunas, capitéis e ornamentos dos templos se repetiam na estrutura e nos acabamento das casas.

Templos, esculturas e ornamentos eram policromados. http://www.dailymail.co.uk/news/article-1305025/Exhibition-ancient-Greek-Roman-artworks-passionate-paint.html

No conjunto de móveis encontrávamos as camas-do-dia para salas, bancos, mesas e baús. As cerâmicas tinham um lugar especial na casa, principalmente pela variedade de formatos e usos.

As artes gregas foram identificadas e divididas em 3 períodos:  Arcaico, Clássico e Helenístico.

É possível identificar a qual período pertence a arquitetura grega, através de seus elementos construtivos e ornamentais.

Ordens gregas – http://freimaurer-wiki.de/images/d/d9/Saeulen.jpg

A casa grega conquistou, com seus elementos, o Ocidente, e se tornou uma influência atemporal sendo rememorada nas casas: Romana, Renascentista, Neoclássica e seguiu até os nossos dias, principalmente na casa mediterrânea.

      

Casa Tradicional Grega em Mykonos. Fotos de Werner Maritsas. https://smallhousebliss.com/2014/07/31/werner-maritsas-mykonos-house/werner-maritsas-mykonos-house-living2-via-smallhousebliss/